Visto em Malta: como funciona

Malta, uma ilha que fica entre Itália e África, é um paraíso que cada vez mais interessados em aprender inglês. Além do custo de vida baixo, o país atrai cada vez mais brasileiros pela facilidade de obtenção visto.

A ilha é um dos países integrantes do Tratado de Schengen. Ou seja, o brasileiro que deseja ficar até 90 dias não precisa de aplicar para visto. Então, se o curso for de curta duração, o estudante só precisa apresentar passaporte com validade de 6 meses, seguro-saúde com cobertura de 30 mil euros, comprovante de matrícula da escola e passagem de volta.

O intercambista que deseja ficar mais de 3 meses deve aplicar para o visto de estudante, que tem uma taxa de 27,50 euros. A requisição deve ser feita em Malta, com até 4 semanas antes de vencer os 90 dias do visto de turista. O requerente deve comparecer ao Department of Citizenship and Expatriate com os seguintes documentos:

– Formulário de aplicação para visto de estudante
– Passaporte com, no mínimo, 6 meses de validade
– Seguro saúde que cubra todo o tempo do intercâmbio (cobertura de 30.000 €) em inglês– Carta de aceitação da escola
– Carga horária do programa
– Recibo de pagamento emitido pela escola
– Comprovação de renda de € 750 por mês, podendo ser um extrato bancário do Brasil. O estudante que não tem como comprovar, poderá ter um patrocinador, que pode ser pai, mãe, tio, tia, irmão ou qualquer outra pessoa que comprove vínculo com o estudante.

Quer fazer um intercâmbio em Malta? Peça já seu orçamento!

[gravityform id=”55″ title=”true” description=”true”]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *