About Ireland: Jack O’Lantern/Cabeça de Abóbora

Como ainda temos almas penadas de sobra vagando por aí nesta semana, tá difícil sobreviver… é Halloween, Dia dos Mortos/Finados, todos juntos e misturados, vamos continuar nesse clima tenebroso  pra já conhecer mais uma história macabra que nasceu na Irlanda: A Lenda do Jack O’Lantern ou Stingy Jack.

Jack era nascido e bastante conhecido na Ilha Esmeralda por ser grosseiro e pinguço coisa rara já que na Irlanda quase ninguém bebe rsrsrs. Ele gostava tanto, mas tanto de beber, que um dia nem o diabo aguentou mais ver os barracos que ele dava e subiu aqui pro andar de cima pra buscar a alma dele.

Cara a cara com o senhor das trevas, Jack fez um último pedido: Tomar mais um trago. Por que não, neh gente? Já tava no embarque pro inferno mesmo. Só que ele estava liso! Então ele disse pro diabo: “Vira uma moeda pra eu comprar meu mé?”. É… o cara de pau falou isso, e o coiso ruim aceitou!

Mas Jack, malandro que era, estava com segundas intenções. Ele pegou a moeda/demônio e colocou no bolso junto com um crucifixo. Prendeu o bicho no bolso e só topou tirar ele de lá se tivesse mais um ano de vida na terra. Desta vez sem saída, o diabo topou.

Nesse um ano de hora extra na terra, Jack passou a frequentar a igreja, a respeitar mais a família… Só que trato é trato! Um ano depois, lá estava o demônio diante dele: “Bóra?”. Mas o diabo, tonto que era, caiu em outra armadilha. Subiu numa macieira pra pegar uma maçã pro Jack último desejo de novo, enquanto isso o irlandês desenhou uma cruz no tronco da árvore e? Demônio preso de novo. A liberdade da alma do Jack foi o acordo pra que ele pudesse descer. E de novo ele topou. Fim da história! Que nada!!

Uma vez pingão, sempre pingão. Por ironia do destino, um ano depois desse fato, Jack morreu de tanto beber. Só que ele não merecia ir pro céu, e no inferno o golpista não tinha nem chance de entrar. Então ele ficou vagando pela escuridão com uma lanterna de nabo improvisada com uma brasa que o diabo super solidário deu pra ele. Jack O’Lantern.

Agora sim as lanternas de nabo/abóbora fazem sentido hein?! Obrigada. De nada, rs e Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *