“Faça. Não importa como vai fazer, mas faça”

A escolha pelo intercâmbio é algo particular de cada um. Muitos intercambistas se preparam para viver a experiência por oito meses ou mudam pra Ilha sem previsão de retorno ao Brasil. Outros ainda, estão focados em fazer um curso intensivo de idioma.

Foi o caso da carioca Danielle Santos, de 30 anos. Graduada em Letras e Inglês, ela está concluindo um mês de curso na Irlanda. Ela decidiu ter a experiência para aperfeiçoar o idioma e também para conhecer um pouco mais da Europa.

Apaixonada por viagens e trocas culturais, Danielle morou por um ano e dois meses nos Estados Unidos, onde teve a primeira experiência fora.

A carioca optou pela Irlanda por indicação de uma amiga. “Minha amiga chegou na Ilha em 2017 e adorou o lugar”, relata. Dentre as atrações locais, Danielle se empolga ao contar sobre a cultura viking, a qual acompanha a série com gravações no país.

Aos indecisos quanto fazer ou não intercâmbio, ela deixa um conselho: “Faça. Não importa como vai fazer, mas faça”. Danielle relata o quanto a experiência foi válida para ela e como ela se aproximou de outras culturas, vivendo momentos inesquecíveis pela Ilha Esmeralda.
▶Bom retorno, Dani!!! Esta Ilha estará sempre de portas abertas pra ti! A equipe Wice te deseja muita sorte e aprendizados na tua jornada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *