Conhecendo a Nova Zelândia: Rotorua

O Brasil tem os Guaranis, a Austrália, os Aborígenes e a Nova Zelândia, os Maori.  Os primeiros moradores do país e que o nomearam de Aotearoa está concentrado, principalmente, na ilha norte. Para conhecer um pouco da cultura Maori, Rotorua talvez seja o melhor local para se visitar.

Rotorua fica localizada no meio da zona vulcânica Taupo, por isso é muito comum ver fumaça saindo pelo chão e um cheiro de enxofre, que você logo se acostuma. Um dos costumes do local é cozinhar a comida nesses buracos quentes, o que a deixa com um sabor diferente. Duas coisas que quem visita a cidade não pode deixar de fazer, provar esses pratos e assistir a uma apresentação de tradição Maori.

s7301341

Porém a região vai além da cultura dos primórdios da Nova Zelândia. Rotorua atrai turistas pelas áreas geotermais. Lá é possível ver gêiser, cachoeiras quentes, além de parques de beleza impressionantes. O Waiotapu é o mais famoso da região. A mistura de arsênico, enxofre,ouro e prata cria cenários inusitados. Piscinas azuis e alaranjadas, lagos verdes e crateras que liberam fumaça chamam a atenção dos visitantes.

s7301306

A cidade que fica a umas 3 horas de Auckland e não é muito grande. Em dois dias você consegue ver bastante coisa. Então se você está fazendo intercâmbio em Auckland, pode separar um fim de semana para visitá-la.

[gravityform id=”55″ title=”true” description=”true”]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *